Segurança

Seus filhos estão seguros? - Vídeo

Hoje vi um vídeo que me deixou chocado. Eu já falei para meu filho, aposto que você também já deve ter falado para o(s) seu(s), mas… Seus filhos estão seguros? Se um estranho for até ele(s), falar com ele(s), e pior, convidar ele(s) para irem com esse estranho, qual a reação dele(s)? Um humorista estadunidense fez um vídeo que mostra como é fácil seduzir uma criança a ir com um

Proteja Brasil - Aplicativo

Me foi repassado a um tempo atrás e venho agora compartilhar com vocês. Foi criado um aplicativo para ajudar na proteção de nossas crianças, o “Proteja Brasil”. Sua função é muito simples. Baixando e instalando o aplicativo no seu smartphone ou tablet, quando quiser fazer uma denúncia de negligência, abuso, abandono, trabalho forçado e exploração de menores, entre no aplicativo e ele lhe dá, pelo sua localização, os locais e

Negligência infantil

Como todos devem saber, eu não sou da área de direito, sou um mero professor de geografia. Mas como todos aqui já sabem também, sou militante da luta pela melhor para um criança e tento viabilizar o acesso aos pais à meios de resguardarem e protegerem seus filhos, mesmo que tenha que ser contra as mães destes, mas o contrário também se aplica, pois meu objetivo maior é o bem

Cartilha do InMetro sobre Segurança Infantil

Achei uma cartilha com várias dicas de segurança infantil em ambiente doméstico. O InMetro  estabeleceu os tipos de acidentes mais comuns e fez essa cartilha ilustrada com medidas preventivas para a segurança de crianças, separando ainda por ambiente doméstico, como: banheiro, sala, quarto, cozinha… muito detalhada mesmo e de fácil compreensão. Muitas coisas lá são de entendimento geral, mas a cartilha faz pequenos alertas também para procurar os selos de

Onde estão os pais desse menino?

Essa semana eu vi uma notícia perturbadora. Um menino, de 8 anos, com seu velocípede, desceu uma via expressa do Rio de Janeiro, o elevado Paulo de Frontin, aproveitando a inclinação para se divertir com seu brinquedo novo… no meio do trânsito… http://g1.globo.com/rio-de-janeiro/noticia/2013/09/menino-que-andou-de-velocipede-em-do-rio-tem-8-anos-e-achou-legal.html Vamos as questões corriqueiras ao fato… Os pais, onde estavam? Trabalhando… não sei, não tinham conseguido achar os pais dele até o momento da reportagem. Existe a

Deslocamento da cabeça do Rádio

Uma pequena prática comum de adultos com crianças é a de levantar eles por um braço só, ou de levantar um de cada lado por um dos braços e sacudir no ar ou de segurá-la pelas duas mãos e girar no ar, bom, seja como for, isso pode causar um baita problema, o deslocamento do rádio, um dos ossos do braço. Esse deslocamento causa fortes dores na criança e só

Crianças e estranhos... cuidado!

Procurando um tema para falar sobre comportamento infantil, me deparei com o artigo de uma outra blogeira infantil, Mariana Della Barba, uma das colunistas do blog: “de Mãe para Mãe”. Ela comenta sobre uma reportagem feita por uma emissora de televisão, que fez um teste em 9 crianças, em um parque, e testou se essas crianças seguiriam um estranho que tentasse “sumir” com elas, levar as crianças do parque, fingindo o

Tirar guarda definida é muito complicado

Não vou enganar nenhum pai não. Tirar uma guarda definida de uma mãe, é muito, mas muito difícil. Existe o mito circulando nas cabeças do jurídico, e também da nossa sociedade, de que uma mãe tem um direito divino, sobrenatural e inquebrável sobre um filho. Me desculpem as mães que não gostam de ouvir isso, mas isso é um absurdo. O que não faltam são casos de pés de galinha

O que observar no momento de deixar seu filhote numa creche

Indeciso na hora de escolher uma creche para seu pequeno(a)? É uma dúvida muito comum. Eu mesmo, professor (de nível fundamental e médio) também tive uma série de dúvidas do que devo observar na hora de escolher a creche do Thomaz. Conversando a coordenadora geral no Colégio Brasileiro de São Christóvão, do Rio de janeiro, ela me deu muitas orientações do que os responsáveis precisam perceber, alguns pequenos detalhes, para

Assento preferencial

No começo eu achava um pouco de exagero e comodismo meu, mas avaliando bem, é questão de segurança. Não sei se é lei no Brasil todo, mas em muitas cidades existem os locais preferenciais em ônibus para pessoas obesas, gestantes (sempre morro de medo de perguntar e a mulher se ofender como se eu estivesse chamando-a de gorda, caso não esteja grávida), idosos, cadeirantes e pessoas com bebês ou crianças