Criança gosta de brincar, as vezes nem do brinquedo gosta.

Domingo apresentei ao Thomaz um brinquedo “novo”, jogo de botão.
Caraca… Fazia décadas que eu não jogava botão.

Fomos numa festinha e dentre os presentinhos tinha lá um timinho, com rede e tudo.
Colei os adesivinhos e ficamos brincando. Ele adorou. Gritava gol, comemorava e ria muito.

Isso me lembrou um caso antigo de uma amiga minha.
No dia do aniversário do filho dela, a mãe (avó da criança) convidou dois amigos do trabalho. Os dois eram pretendentes da mãe dela e por isso eram “rivais”.
Cada um trouxe um brinquedo megalomaníaco. Lembro que um era um caminhão dos bombeiros quase do tamanho do garoto. Cheio de botões, jatinho de água e um monte de coisas.
Mas o mais engraçado foi o presente que o menino mais gostou de todos os que ele ganhou.
Ele ganhou um “pé na tábua”. Lembram? É um carro de corrida que tem uma sanfona que engata na traseira do carro, você pisa na sanfoninha e ela solta um jato de ar dentro do carrinho que faz ele disparar em velocidade. Divertido para qualquer criança.
Pois bem, nem do carrinho ele gostou tanto, ficou a noite toda “soprando” vento nos outros e esqueceu todos os outros presentes.

Não importa o valor do presente, tem é que dar diversão pra eles!
=]

Nenhum comentário


  1. Malandrinha hein?!Se aproveitando das crianças para saciar sua necessidade, né?!=]

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *