Declaração de amor de um pai – Velfe Oliveira

velfinho

Meu camarada Velfe escreveu e publicou um texto muito singelo na sua conta do Facebook e eu, tendo seu consentimento, achei que valia muito a pena publicar aqui para mostrar e incentivar outras pessoas a entender e buscar esse amor que motiva a mim, ao Velfe e a tantos pais.
Espero que gostem tanto quanto eu.
Grande abraço meu camarada!
Grande abraço a todos!
=)


Todos os dias que o vejo deitadinho em seu sono profundo, meus olhos marejam e penso como uma pessoa com tanta inocência, com tanto amor conseguiu mudar o rumo da minha vida. Por ele tive guinadas interessantes, admiráveis. Uma força que sai de dentro de mim que só o amor incondicional que sinto é capaz de explicar tudo que passei e superei. Por isso sempre lembro: tenho um presente que Deus me deu!
Como pai tento ser tudo que ele precisa, tento ser o herói que ele imagina, o herói que ele pinta em seus desenhos…. Meu coração bate tão forte, com tanta intensidade quando lembro da sua suave voz, do cheiro, da força de seu abraço, do beijinho molhado que ganho na bochecha…isso é um presente! Acho que é o reconhecimento do amor e do prazer que tenho em carregar-lo no meu colo ( mesmo grandinho), dar banho, dar sua comida ( tento faze-lo comer sozinho , mas no fim não resisto de dou em sua boquinha), fazer sombra com meu corpo para o sol não queimar sua pele fina, coloca-lo nos meus ombros quando está cansadinho, encurtar meus passos para me acompanhar, desenhar, fazer tarefinha da escola, cantar a sua musiquinha preferida pra ele acordar sereno e feliz, brincar, caçar Pokémon, tomar sorvete, leva-lo ao parque, mesmo morrendo de vontade ficar em casa …. Mostra-lo que aquilo que está vendo quando apago a luz não é um monstro, é apenas uma toalha ou um brinquedo. Levantar da cama porque ele percebe que está com sede quando estou quase dormindo, acordar várias vezes à noite para ver se está sentindo frio ou para cobri-lo.
Basta algumas horas longe e a saudade aperta tanto que transbordo!
Certo dia ouvi o seguinte:
Pai, eu te amo, vou desmaiar de tanto amor!!
Ri tanto, tanto…e ao mesmo tempo me senti a pessoa mais feliz do mundo porque sei que tudo que fiz e faço tem seu reconhecimento, mesmo sendo ele uma criancinha.
Ser pai, mãe, amigo me dá tanta força! Cada dia que levanto, a cada Sol que nasce me enriquece me transforma num homem forte, de coração alegre e em paz com o que um representa para o outro.
Essa luz que ilumina minha trajetória, que orienta meu caminho é o meu anjo, meu Bernardo.
Filho, você é a melhor surpresa que a vida aprontou pra mim!
Com todo imensuravel amor,

Seu Velfe (papai)

1 comentário


  1. Que declaração de amor mais linda!
    Seu filho, por se chamar Bernardo, já merece.
    Acho que toda energia boa da relação pais/filhos provém desde o desejo de ser mãe/ pai; mas a escolha do nome é como uma “placa”: tem que ter a cara do lugar.
    Os Bernardos são muito mais que especiais!

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *