Licença Paternidade tem de ser Ampliada

Existe no país, uma campanha pelo aumento da licença paternidade, que atualmente é de 5 dias úteis, para 30 dias corridos e até para 90 dias corridos (que milagre seria…)
Já escrevi sobre isso em duas publicações anteriores:

– Licença Paternidade
– Abaixo Assinado – Projeto de Lei: Licença Paternidade de 30 dias – Assinem

Mas… agora quero mostrar alguns avanços nessa direção e um comparativo internacional…

Licença Paternidade ampliada por algumas empresas

A exemplo desse avanço, algumas empresas já estão facilitando essa mudança trabalhista (que na verdade é uma mudança social), concedendo os 30 dias, mesmo sem a aprovação de alguns dos projetos de leis que estão circulando.No site da Revista Crescer, Foi publicado um texto sobre uma empresa de São Paulo que se junta ao Google do Brasil na concessão de 30 dias de licença para pais de recém-nascidos e de adotivos.

É uma ótima notícia (apesar de me causar inveja, pois não tive isso…), pois assim pode se ampliar a pressão sobre os políticos nacionais para esse aumento do direito de um pai de participar dos primeiros dias de seu filho e para apoiar e ajudar sua esposa que passa por um período de transição radical (dar peito com intervalos de 3 a 4 horas, trocar fraldas, colocar para dormir… essas coisinhas que não se fazia antes, né?)

Licença Paternidade pelo mundo

Comparativamente com alguns países… o Brasil está muito atrás nas vantagens concedidas aos novos pais (apesar de achar que estamos melhor do que muitos na América e sem dúvida do que a China).
Mas… quando olho para Suécia nesse quadro… Noooossaaaaa… inveja se tornou uma palavra pequena nessa comparação…

Me senti pequeno nessa perspectiva olhando os países mais desenvolvidos desse quadro. Claro que são países que estão incentivando seus aumentos nos índices de natalidade, mas mesmo assim… Acho que 30 dias não é nada de mais frente aos que muitos oferecem aos papais.

Creio que temos motivos para entender que uma família coesa e participativa (mulher, se teu marido aproveitar essa licença para tirar uma espécie de férias… joga uma fralda suja nele) é o melhor para toda a sociedade. Uma criança que tenha um pai ativo e participativo tem chances muito maiores de ser uma criança mais estável emocional e socialmente.

Lembrando que esse é um ano de eleições… lembre-se de pressionar seu candidato a tomar uma postura em prol da ampliação da licença paterna.
(Como se o povo brasileiro fosse bom em pressionar nossos políticos… )
=]

 

 

Deixe uma resposta