Qual a Criação Certa ou Errada?

guimba-na-piscina_09

Eu estive num programa de TV recentemente e a apresentadora, em determinado momento, disse que não tem criação certa. Eu concordo plenamente.
Nunca tinha me deparado com essa afirmação, mas ela tem toda razão.
O que é criação certa?!

Eu na hora, respondi que acredito que não há certa, apesar de ter a errada.
Como assim?
Criação errada é quando há assédio na mente da criança…, violência física ou psicológica, abandono, negligência – seja alimentar, médica, acadêmica, higiênica ou afins, ensinamentos de caráter duvidoso ou anti-ético, alienação parental… Esse tipo de coisa é errado. Isso não deveria existir na criação de uma criança, mas… quanto ao que deveria haver… isso varia muito!!!

Se a criança vai ser vegetariana ou omnívora, se ela vai ter educação montessoriana ou tradicional, se os pais vão colocar para fazer esportes ou  atividades artísticas, se vão levar mais ao parque ou ficar em casa vendo desenhos, se vão preferir piscina ou praia, se vão poder viajar ou não, deixar na creche, com a avó ou com uma babá, se vão ser canhotos ou destros… tanto faz!
O mais importante numa criação é ser inteiro para eles.
Faça o que fizer, seja participativo, seja ativo.

Mais do que compensar o que não pode dar à eles, dê o que você pode – amor!
O resto é resto. Dê atenção, dedicação, intensidade e contato que o resto se ajeita.

Nem todos podem pagar a melhor educação, mas se depois você sentar com seu filho para fazer os trabalhinhos da escola, tudo bem.
Se não pode dar aquele brinquedo caro que ele tanto quer… tudo bem! Desde que vocês inventem brincadeiras juntos e fiquem bastante tempo se divertindo, sua criança vai superar isso fácil.
Não pode ir para a praia ou para uma piscina, pega a mangueira e divirtam-se!!! Crianças adoram banho de mangueira!
Entende o que quero dizer? Eles precisam muito dos pais presentes, mais do que de presentes ou outras coisas.
Ah, e se um dos pais não estiver presente na vida do seu pequeno, esteja você presente. Pode não ser a mesma coisa, mas ao menos ele terá uma das metades dedicadas em 100%, coisa que muitas crianças não tem nem com os pai e mães em suas vidas.

Sou professor há muitos anos e o que mais vejo é adolescente com celulares caros, que fazem viagem para Disney ou que vão para festas de arromba, mas se queixando que sua mãe ou seu pai são ausentes em suas vidas, mesmo que morem com eles.

Seja dedicado para seus filhos!
É o melhor legado que você poderá deixar para eles!
Não importa se você mora longe deles ou na mesma casa que eles, seja intenso!

Força e Honra, Sempre!
Grande abraço!

Dê seu tempo para seu filho e ele terá a criação certa!
=)

Deixe uma resposta