Mudanças favoráveis pela Guarda Compartilhada em SP

Logo

Mesmo com a aprovação da lei 13.058/14, a chamada lei da guarda compartilhada obrigatória, muitos casos estavam enfrentando dificuldades na aplicação da lei, mas em São Paulo, um caso que tinha sido negado em primeira instância conseguiu o direito do compartilhamento da guarda com a aprovação da nova lei.

A notícia eu li no site Pai Legal, um site sobre questões jurídicas acerca de problemas paternos e de alienação parental.
Por sinal, super recomendo para qualquer advogado que queira pegar um caso paterno ou mesmo um pai para poder conhecer um pouco mais sobre questões jurídicas.

No site, o título já destaca a vitória desse caso, que foi negado em primeira instância porque os genitores estavam em litigio e com a nova lei, esse “impedimento” por parte do primeiro juiz, não foi suficiente para impedir o compartilhamento no novo julgamento. Ficou estabelecido que a criança ficará uma semana com cada genitor.
Outro detalhe importante, é que a pensão alimentícia será revista também, pois como disse a juíza, como a criança estará com os dois genitores, não entende a atual necessidade da pensão para cobrir alimentos.

Dá uma olhada na matéria do site e entenda um pouco melhor todo o processo (há inclusive uma cópia do processo lá na página)

Força e Honra, Sempre!
=)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *