Pai mata os 4 filhos em acidente de carro – Notícia e comentário

Há pouco tempo atrás, eu noticiei um caso de uma mãe que eu condenei por matar as duas filhas após perder a guarda delas para o pai das crianças (Mãe mata suas filhas e depois se suicida – Notícia e comentários).
Pois bem, para não dizer que puxo sardinha somente para um dos lados, resolvi falar sobre um caso ocorrido em 24/jan/2015, quando um pai e seus 4 filhos morreram num acidente de carro, no entorno do Distrito Federal.

Fotografia da carta deixada com a mãe. Foto retirada do site G1.

Não vim defender o pai não, caso alguém pense que ele merece defesa, mas antes preciso esclarecer algumas coisas.
Ele, o pai, buscou os filhos na casa da mãe no sábado de manhã, em Brazlândia-DF e deixou com a mãe, uma carta que só depois ela veio a ler.
Nessa maldita carta, ele dizia:
“Samara (nome da mãe), espero que quando você estiver lendo essa carta eu e os meus filhos já estejam (sic) bem longe. Hoje é um grande dia, para mim e meus filhos. Estaremos buscando um lugar de paz onde não exista humilhação e covardia.” Noticiado em vários meios e pode ser conferido no G1: Pai que morreu com os 4 filhos em acidente deixou carta para e ex, no DF.
Depois de pegar os filhos, ele teria jogado o carro na frente de um caminhão, provocando a colisão e a morte de todos os ocupantes do veículo: ele, 3 meninos e 1 menina, seus filhos, assim afirma o motorista do caminhão que bateu no carro (Pai ‘arremessou’ carro com 4 filhos em carreta, diz caminhoneiro a polícia).

Numa outra reportagem que li na época, falando sobre o enterro do pai, que ocorreu junto com os filhos, a família da mãe e a do pai entraram em discussões e até mesmo a polícia foi chamada para garantir a tranquilidade da cerimônia póstuma e impedir conflitos decorrentes dessa hostilidade entre as partes. A mãe dele, avó das crianças, teria declarado que ele sofria de alienação parental e por isso “teria sido levado a tomar aquela atitude” (algo assim que ela declarou).

Se ele sofria ou não de alienação, para mim não faz a menor diferença.
Covarde é aquele que provoca a morte de crianças, ainda mais por motivo tão torpe, tão nom sense, tão fútil. Sim, fútil. Ele sofrer alienação não muda o fato de que as crianças não eram culpadas disso e não mereciam morrer por isso.
Se ele se matasse, poderia até mesmo ser levado a um papel de símbolo do problema, servir de referência para olharmos melhor sobre a alienação sofrida por pais e tal… quase um mártir (o que não acho que se deva tanto), mas… preferiu a covardia.

Segundo a investigação da polícia e a declaração do motorista da carreta, ele provocou o acidente e cometeu parricídio (homicídio/assassinato de filho).
Não há defesa…  na minha concepção, é culpado (segundo a polícia), então não tem defesa, ponto final.
Não tolero covardia com criança e menos ainda com os filhos. Acho hediondo.

Sinto muito pela mãe e pelas famílias. Sinto muito mesmo.
Espero que eles consigam serenidade para passar por essa fase turbulenta e tenebrosa.
Boa sorte aos sobreviventes dessa tragédia.
Força e Honra, Sempre!
=/

Foto dos meninos mortos no acidente. Foto retirada do G1

Mãe mata suas filhas e depois se suicida – Notícia e comentários

http://g1.globo.com/goias/noticia/2015/01/pai-arremessou-carro-com-4-filhos-em-carreta-diz-caminhoneiro-policia.html

http://g1.globo.com/distrito-federal/noticia/2015/01/pai-que-morreu-com-os-4-filhos-em-acidente-deixou-carta-para-ex-no-df.html

Nenhum Comentário


  1. Muito boa a postagem. Já li e estudei muito sobre alienação parental. Gostaria de conversar por mail. Gratidão

    Responder

Deixe uma resposta