Alienação Parental afeta mais aos filhos do que aos Pais

Procurando sobre o tema “alienação parental” na internet, me deparei com um texto muito interessante.
No site UAI, encontrei um texto muito interessante sobre o efeito que a SAP (síndrome de alienação parental) causa nas crianças.

Nem é um texto muito técnico não, mas mostra bem os malefícios da prática.
Entitulado: Alienação Parental afeta mais filhos do que pais, afirma especialista, fala sobre os impactos que gera numa criança, principalmente nas meninas alienadas dos pais.

Uma criança que seja alienada de um pai, será um adulto mais complexado.

Quem nunca viu uma garota ou mulher se relacionar com um homem mais velho?
Sempre soube disso, mas no texto afirma que isso pode ser uma compensação pela ausência de um pai ao longo de sua vida. Buscando se relacionar com um homem mais velho como substituto de um pai ausente, ou melhor, ausentado.

Lembrando que a alienação muitas vezes é de forma mais sutil, como: pequeno apelidos pejorativos ao pai/mãe alienado; expressar mágoas ou rancores na presença do filho; não informar ao outro genitor os dias de conselhos de classe ou de festas na escola da criança/adolescente; ofender o/a companheira(o) do não guardião, fazendo a criança não estar na presença do pai/mãe por estar com medo ou raiva da madrasta/padrasto, namorada(o)…

Nos casos mais graves, é comum inventar acusações de abusos sexuais contra o menor, ou de agressão contra a mulher e essa acionar a lei Maria da Penha, se mudar de cidade sem avisar o outro genitor, proibir a unidade de ensino do menor de fornecer qualquer informação a respeito da vida acadêmica da criança… e tantas outras barbaridades.

Leia o texto indicado no link acima e se informe melhor.
Evite o pior para seu(s) filho(s) e não aliene filhos de pais/mães.
Um futuro adulto mais equilibrado e maduro, uma criança que contou com a participação de um pai e uma mãe, agradece.
Grande abraço do grande!
=]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *