5 Brincadeiras de concentração para Crianças

crianca meditando_02
Aqui, um bebê já aprendendo o valor do silêncio

Thomaz, meu filho, tem dificuldade de concentração e procurei métodos de estimular disciplina, foco, e claro, concentração.
Pesquisando pela internet, consultando gente de várias áreas, estou colocando em prática 5 brincadeiras bem simples e que todos podem fazer com seus filhos e são ótimas para gerar essa atenção nas crianças.

Acho que podem ser usadas com crianças acima de 5 anos, mas pode-se adaptar para qualquer idade, dentro do desenvolvimento corporal que a criança tiver.

Bem, vamos à elas:

1 – Brincadeiras de silêncio

Inspiradas no método Montessoriano de ensino e em filosofias orientais como a Yoga são as brincadeiras de silêncio.
Pode-se jogar de várias formas, mas o objetivo é sempre o mesmo, fazer silêncio e despertar esse controle na criança, que pode parecer bobo para adultos, mas muitas tem dificuldades de simplesmente – fazer silêncio.
Aconselho sempre sentados confortavelmente juntos, de preferência de frente para o outro e em posição de Lótus (pernas cruzadas) e tronco esticado e ombros relaxados.

Pode-se ver quem fica mais tempo sem falar com o outro e quem falar primeiro perde;
um provocando o outro com toques e caretas até que fale e perca ou simplesmente de olhos fechados por um minuto (ou mais com o passar do tempo) e relatar o que ouviu enquanto estava em silêncio.

Quando for competir com a criança, perca de vez enquando para ver se ela esta prestando atenção. Isso ajuda a medir o quanto que ela está se dedicando na brincadeira.

Na Yoga, isso pode ser a introdução para a meditação infantil. Concentrada, ela pode chegar mais e mais perto de meditar.

piscada do Obama
Uma piscada gera risadas, não é Obama?

2 – Jogo do piscada

Simples, quem piscar primeiro, perde.
A criança vai ter que se controlar e ao mesmo tempo prestar atenção em você para ver se você perdeu.
Simples e fácil.
De novo, recomendo sentados confortavelmente um de frente para o outro. Sempre que puder, corrijam a postura, para que a criança desenvolva controle corporal também.

3 – Brincadeira do Tapinha nas Mãos

brincadeira do tapa
Se aquele que tiver que acertar errar, dá a vez para o outro.

Todo mundo já deve ter jogado isso.
Um de frente para o outro, um com as palmas das mãos para cima e o outro coloque as palmas das mãos sobre as palmas do outro. O que esta por baixo tem que conseguir dar um tapa na mão do de cima antes que esse retire as mãos.
Isso exige concentração, velocidade e técnica que com o tempo a criança vai desenvolvendo.

Alterne com ela quem dá o tapa e reforce que ela tem que se concentrar para ganhar.
Claro que não vai dar um tapão como você fazia com seus amigos na escola, e também recomendo você perder as vezes para gerar autoconfiança na criança, achando que está melhorando quando se concentra.
Ela tem que perceber que quando se concentra, ela tem mais chances de conseguir acertar ou evitar.

4 – Jogo do Espelho

jogo do espelho
Várias crianças imitando umas as outras no jogo do Espelho

Um brincadeira muito comum em aulas de teatro infantil.
Pode ser em pé ou sentado, um de frente para o outro, onde um é o espelho e tem que repetir tudo o que o outro fizer.
Mostre para ela como fazer, imitando os gestos dela e depois, onde está o objetivo da brincadeira, ela tem que imitar você.
Desde caras e bocas, a posição de mãos e dedos, faça ela perceber que tem muitos detalhes para serem copiados.

Essa brincadeira é muito boa para uma maior conscientização corporal da criança, automaticamente, gerando concentração e foco.

5 – Tapão

12966079_1257673347595903_518632429_n
Eu tenho um baralho especial para atrair crianças. hehehe

Esse é o nome que conheço aqui no Rio de Janeiro, mas acredito que tenha outros nomes em outros locais.
Pegue um baralho qualquer. Se achar que a criança terá dificuldades com os valete, damas e reis, retire-os. Distribua igualmente as cartas entre você e a criança.
Se não tiver um baralho, aproveita e construa um com ela com papelão e escrevam juntos os números.

Cada um vira e coloca uma carta de cada vez sobre a mesa, dizendo em voz alta os números em sequência, um de cada vez. Quando aparecer uma carta com o número que foi dito, todos batem na carta e quem bater por último perde.

A criança tem que prestar atenção para ouvir o número dito, fazer a correspondência com a carta que apareceu e bater quando for a coincidente. De novo, deixe-a ganhar algumas vezes para ela não se aborrecer e ganhar confiança.
Sem perceber, ela vai ficar mais atenta e focada na brincadeira.

Muito importante, é ressaltar para as crianças, todas as vezes que ela está focada e quando não está. Mostrar para ela como fazer para focar: respirando fundo, fazendo silêncio, acalmando a respiração, alinhando a postura e relaxando os ombros.

Com o tempo, ela vai perceber como se concentrar melhor por conta própria.
Muitos gostam de procurar tratamentos medicamentosos contra possíveis transtornos de atenção e hiperatividade, mas muitas vezes, as crianças só não sabem como diminuir o ritmo e prestar atenção nas coisas.
Teste essas brincadeiras e vejamos se consegue algum sucesso, ou ao menos, um pouco mais de tranquilidade, mesmo que momentânea, na energia de 220v do seu filho(a). hehehehe.
Thomaz tem muita energia, mas eu tenho conseguido fazer ele ficar mais calmo, ao menos, durante as brincadeiras.
Boa sorte para você!

Ah, não esqueça de me dizer se testou e se tem surtido efeito.
Grande abraço a todos!
=)

2 Comentários


  1. Olá, boa noite, me chamo Poliana, sou pesquisadora do canal GNT, do programa BOAS VINDAS, e estou procurando histórias de pessoas que tenham lutado muito para ter um filho a qualquer custo. A próxima temporada do programa terá como título ‘À espera de um filho’ e buscamos histórias bonitas de luta e superação. Para nós, uma história de pai solteiro seria lindo! Ah, detalhe: precisamos que, caso o bb já tenha nascido, que esse parto tenha algum tipo de registro e, caso esteja pra nascer, que seja entre maio e julho de 2016. Obrigada pela atenção. Abraços,

    Responder

    1. Olá querida, me faça um favor?
      Me manda mensagem pela fanpage do Facebook para podermos trocar contatos ou conversar em reservado, pode ser?
      Fanpage: Sou Pai Solteiro.
      Pode ser pelo meu e-mail tb: lizandro_sal@hotmail.com
      Assim podemos conversar melhor, ok?
      Fico ansioso no aguardo.
      Beijo do grande!
      😄

      Responder

Deixe uma resposta