Colegas doam 350 dias de férias para pai cuidar de filha com câncer – matéria

14out2015-jonathan-dupre-ganhou-dias-de-folga-de-colegas-para-acompanhar-tratamento-da-filha-1444832686622_300x300
Jonathan e sua pequena Naële

Com a filha em tratamento contra um câncer, Jonathan esgotou os seus dias de férias para ajudar e acompanhar a filha no tratamento, mas na França, existe a possibilidade de doar dias de férias para um colega de trabalho nessas condições.
Jonathan Duprê e sua esposa, Marine Duprê puderam, ao longo de 1 ano, cuidar de sua pequena Naëlle a superar o câncer de rim. Ela passou por 31 semanas de quimioterapia e se não fosse essa medida, ele não poderia ter acompanhado a sua filhinha ou teria que sair do emprego.

Para a pequena Naëlle, acredito que tenha sido muito bom, por como ela mesma declarou: “- Fico muito feliz que meu pai fica em casa comigo.”

Acho que mais do que simplesmente humanidade, é uma ótima saída econômica para a empresa. Perder um bom trablhador e gerar um clima de desapego aos seus empregados, gerando insatisfação de seus profissionais, podendo melhorar a própria imagem perante todos e fazer o bem sem nenhuma perda financeira… acho que não poderia ser uma troca melhor.
Espero que nossos políticos estudem a possibilidade da implantação dessa lei aqui no Brasil.

A matéria foi publicada no site UOL Economia – Emprego e Carreira.

Para aqueles que lutam por seus filhos, sempre parafraseio o lema romano:
Força e Honra, Sempre!
Grande abraço

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *