Meu Filho foi sorteado para o Colégio Pedro II

aprovacao do Thomaz no Pedro II.jpg
Registrei tudo o que pudia para ver se a ficha caia. hehehe

Creio que todos aqueles que tem o mínimo de inteligência sabem que garantir um ensino de qualidade para seu filho é meio caminho andado na direção de um futuro melhor para ele.
Uma formação acadêmica de qualidade é o facilitador para uma estabilidade profissional, social e filosófica muito boa.
Por isso, eu quero compartilhar e refletir sobre um acontecimento que ainda me enche de êxtase: meu filho, Thomaz, foi sorteado para o colégio Pedro II.

Na semana passada, mostrou em TV nacional o drama de algumas famílias felizes ou tristes pelo sorteio de crianças para o Colégio de Aplicação da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro), mas o que não mostrou, foi o sorteio do colégio Pedro II, pois se tivesse mostrado, teriam passado o meu grito de felicidade, pulando na arquibancada do ginásio, quando meu pequeno foi o quarto sorteado.

Eu experimentei um êxtase de sensações e de conclusões que nunca tive na minha vida. Apesar de sempre ter lutado pelo melhor para ele e estar muito satisfeito com a escola que ele está (ou estava, já que começaram as férias para ele), eu não queria mudar ele de lá não, mas… ele passou para um dos melhores colégios do país e vai estudar de graça por toda a vida escolar dele – do fundamental até o médio. Grande parte dos meus problemas estão resolvidos!!!

Quando falo dos meus, sou muito sincero.
Não sei o que ele fará com essa oportunidade, mas a minha obrigação é gerar essas oportunidades para ele! E eu consegui uma espetacular oportunidade!
Claro que sei que não tem nada garantido de fato: ele pode ser jubilado por reprovações, ele pode ter dificuldade em uma matéria ou outra e precisar de apoio extra, ele passará por greves que assolam o ensino público por falta de respeito aos direitos dos profissionais de ensino… Estou sendo pessimista não. Tento sempre ser realista para me preparar para tudo, mas… eu pude gerar uma das melhores opções do pais para ele.
Eu chorei como criança naquela arquibancada!

Agora eu estou bem mais tranquilo, mas fiquei uns dois dias estupefacto, como quem não acredita no que viveu.
Lembro direitinho de como eu estava na situação:
Sentado no alto da arquibancada, ao lado de uma mãe com seu pequeno na minha direita e um pai na minha esquerda.
Na quadra, um pequeno aparato de câmera de filmagem, um tubo de vidro com os nomes dentro, algumas pessoas destacadas para administrar o sorteio, uma projeção na parede do ginásio para mostrar os sorteados, eu com o tablet na mão, pronto para registrar os números dos sorteados, até para poder contar o total e saber quantos faltariam para acabar.
Deu início e eu registrei o primeiro número. O segundo, o terceiro e eis que chegou o inesperado quarto número.

Eu ouvi: Thomaz – gelei na hoa! – Luiz – trinquei os dentes e firmei os pés no chão ainda no medo de não ser ele. Quando terminaram de cantar o sobrenome dele, eu pulei e gritei! Gritei e toda a quadra ouviu!!!
Não pudia acreditar!!!
Parecia que eu tinha ganho na loteria!!!
Mal percebi que estavam batendo palmas para mim, como congratulações, nem tive reação de agradecer!
O pai do meu lado apertou minha mão e me parabenizou. Eu mal conseguia responder e saiu um entalado: Obrigado!

Eu peguei o celular e digitei histericamente aos meus amigos pelo whatsapp. Recebi ligações de amigos me parabenizando. Foi muito legal o retorno deles. Como que confirmando que eu tinha motivos para chorar que nem um bobo na frente daquelas pessoas estranhas. hehehehe.

Enquanto esperava o fim do sorteio para pegar os documentos necessários para a matrícula do meu filho, pude acompanhar a angústia das outras famílias por não serem sorteadas também. Não era culpa o que eu sentia, mas me solidarizava com eles, afinal, eu sei o que é querer o melhor para nossos filhos.

Peguei os papéis no final e corri para casa.
Avisei a mãe dele que também não acreditava e com quem ele estava naquele momento.
No caminho para o ponto de ônibus, passei na porta de uma lanchonete e encontrei os professores da escola que trabalhei até pouco tempo, lanchando no recreio deles e aos pulos contei a novidade, o que gerou muita solidariedade por parte deles também. Foi incrível!

Em casa, estou com 3 amigas intercambistas aqui e no meu pobre inglês gritava: – I so happy!!! I so happy!!! I so happy!!!
Eu não sabia se era o mais apropriado para me expressar, mas tudo bem… elas entenderam e comemoraram comigo.

comunicado da selecao no Pedro II no face_1
Gente, me perdoe o palavrão, mas eu estava fora de mim, ok? hehehe. Reparem o número de curtidas e o de comentários. É meu recorde agora. Passou até a minha foto com a Fátima Bernardes. =)

 

Corri para publicar no Facebook, já que eu não podia gritar ao mundo inteiro. Bati meu recorde de curtidas e de comentários numa única publicação.
Meus parentes, meus amigos de todo o país e do mundo todo me parabenizando. Vários dizendo que iriam cobrar a tabuada do Thomaz em alguns anos (é o grito de guerra dos alunos do Pedro II), que foram estudantes de lá também e ele estaria mesmo em boas mãos… todos fazendo com que eu continuasse a chorar. Esse povo sem noção… fazendo isso com um homem sério. hehehehehe

Eu não disse ao Thomaz que de fato ele vai trocar de escola, até como forma dele não ficar triste por perder amiguinhos e a escola que ele tanto gosta, mas já disse que eu consegui uma vaga para ele “na melhor escola do mundo”. É claro que ele vai trocar de escola, mas temos que ir introduzindo essa novidade tamanha aos poucos para não gerar desaprovação da parte dele e ele poder aproveitar melhor ao invés de entrar odiando a escola nova.
Ah, e o mais incrível é que uma menina da sala dele também foi sorteada. Tomara que fique na mesma turma ano que vem.

Eu sei que essa notícia gera felicidade para muitos aqui e além de eu precisar verbalizar essa sensação que não me larga a dias, eu sei que muitos aqui gostam de “fazer parte” das minhas percepções.
A todos vocês, só posso dizer muito obrigado por tudo!
Meu ano de 2016 já vai começar quente!
Espero o melhor para vocês também!

Grande abraço do grande!
Força e Honra, Sempre!
I so happy!!!
=D

comunicado da selecao no Pedro II no face_2
Quando a esmola é demais o cego desconfia, né? hehehehehe

Nenhum comentário


  1. Fiquei emocionada com o seu post! O amor que sente pelo Thomaz e a preocupação com o futuro dele transpareceram a cada linha. É de pais assim que nossas crianças precisam. Não tenho dúvidas de que seu filho escolherá pelo caminho certo a seguir. Afinal, ele tem um modelo em casa, que é você. Que Deus abençoe toda sua família. Feliz Natal e Próspero Ano Novo!!! I am so happy for your son and your family! 😀

    Responder

    1. Fico feliz quando consigo passar minha mensagem é adorei a forma como me disse isso.
      Obrigado querida!
      Que possamos ser exemplos para essas futuras gerações.
      Beijo do grande!
      Boas festas para você e todos os que lhe cercam!
      😄🎄💥🎁👍🏼

      Responder

  2. Sou Pai de 04 filhos.
    Achei quase td muito legal, não fosse pelo palavrão desnecessário, pois, a lingua portuguesa é culta, e se quisermos, podemos dar as nossas crianças melhores exemplos de cultura verbal.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *